segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Tratamento do Necrochorume - Pastilhas e Mantas Absorventes - Preservação do Solo e Águas

Você sabe de onde vem a água que você bebe? Tratamento do Necrochorume, uma responsabilidade dos governos

Tratamento do Necrochorume - Pastilhas e Mantas Absorventes - Preservação do Solo e Águas


Por Marise Jalowitzki
14.novembro.2011
http://compromissoconsciente.blogspot.com/2011/11/tratamento-do-necrochorume-pastilhas-e.html


Responsabilidade sócio-ambiental. Responsabilidade de todos. 


Após a publicação da série de artigos sobre o Necrochorume e a Tragédia no Rio - onde deslizamentos provocados por chuvas causaram a morte de quase mil pessoas, muitas delas desaparecidas até hoje, centenas e centenas enterradas às pressas em covas rasas - o alerta emitido para a responsabilidade das autoridades em relação aos sepultamentos tem merecido a atenção de alguns.


"A legislação vigente (CONAMA 335), que normaliza cemitérios, fixa regras que visam reter o necrochorume dentro da sepultura para que o mesmo não atinja a parte externa, pois coloca desta forma em risco o meio ambiente, devido a alta concentração de microorganismos e substâncias nocivas à saúde humana."


Há tempos um órgão municipal de uma cidade do interior do RS entrou em contato para saber mais informações e, embora a ação pública fosse meritória, a pessoa achou por bem solicitar a manutenção do anonimato. No que foi respeitado.


Mais recentemente, recebi e-mails solicitando informações sobre o uso e locais de aquisição das pastilhas, como forma de inibir a liberação do necrochorume para o solo e lençóis freáticos e saí a campo para obter esclarecimentos.


TODOS PRECISAMOS CRESCER EM CONHECIMENTO E RESPONSABILIDADE!


Assim, por entender que mais pessoas possam se beneficiar, compartilho o que segue:



USO DE PASTILHAS E MANTAS ABSORVENTES

USO DESSES RECURSOS EM CEMITÉRIOS-PARQUE

Com relação específica sobre o uso de pastilhas ou mantas absorventes, as administrações dos cemitérios-parque não fazem qualquer verificação, exigência ou acompanhamento, pois, o que oferecem são o sistema de dreno.

"Caso houver algum uso é de estrita ação das funerárias", declaram.


USO DESSES RECURSOS EM CEMITÉRIOS MUNICIPAIS



Embora a legislação exista, pouco ainda se tem feito em termos de adequação dos cemitérios públicos. 

A maioria dos cemitérios municipais, até onde me foi dado a conhecer, continua sem tomar providências efetivas com relação aos cuidados com a retenção do necrochorume proveniente dos cadáveres. Não há uma fiscalização atuante, nem cobrança com relação ao tratamento dos corpos a serem sepultados. 

Por enquanto, a lei aplica-se aos Cemitérios Públicos novos e aos Cemitérios-Parque, particulares. Nestes últimos, há um sistema de drenagem, com canos sob cada galeria (geralmente com 10 corpos enterrados - 5 de cada lado) que conduzem o necrochorume até uma espécie de cisterna (alguns também chamam de "caixa de retenção"), como especifiquei na série de artigos - Link - http://t.co/Cs0ngIG 

Para saber se há fiscalização regular por parte da Prefeitura, terá de ser um órgão competente. No caso, eu, como pessoa física, sem representação de algum órgão da grande mídia, não recebi tal informação.


"Alguns cemitérios do tipo "parque" e "vertical" desenvolveram tubulações que em tese conduziriam o necrochorume a um filtro biológico que através da ação de microorganismos possa ser decomposto, tentativa de tratamento em teoria eficaz, mas na prática não se viabiliza porque o necrochorume além de viscoso, o seu volume (cerca de 30 litros) é fracionado num período de tempo que pode passar de um ano e assim ele fica na sepultura e na tubulação sem alcançar o referido filtro biológico.


Não podemos tirar o mérito da tentativa que apesar de não se viabilizar é sem dúvida uma medida que além de trazer segurança contempla tratamento."

PASTILHAS
As Pastilhas contem uma imensa quantidade de bactérias selecionadas (2 bilhões de U.F.C por grama), possuindo, portanto, alta capacidade de digerir matéria orgânica.

Essas bactérias vêm em forma de esporos e são ativadas gradativamente na medida em que entram em contato com o líquido liberado pelo corpo em decomposição, que para os esporos é seu alimento (necrochorume). Assim, os esporos transformam compostos orgânicos de difícil metabolização (gorduras, óleos, graxas e lipídeos) em dióxido de carbono e água.


LOCAL ONDE FICAM AS PASTILHAS

As pastilhas são colocadas dentro da urna funerária, na altura da região lombar do corpo morto e, na medida em que há a liberação do necrochorume, elas se ativam e vão digerindo essas substâncias. 

Essas bactérias vêm também na forma líquida, granulada e cubos.


MANTA ABSORVENTE

Manta Absorvente de Necrochorume também é um recurso eficiente. A manta é fabricada com um plástico resistente e possui uma camada de celulose e um pó que, em contato com o líquido necrochorume, se transforma em um gel. 

A Manta é colocada dentro da urna, revestindo todo o seu interior e, na medida em que o corpo vai liberando líquidos a celulose vai absorvendo, impedindo que o necrochorume extravase. Assim, o material (gel) permanece na urna pelo tempo necessário à decomposição (3 a 5 anos) sem contaminar a urna, a sepultura e o meio ambiente como um todo, cumprindo desta forma a normativa 335 do CONAMA.

Nas bordas da manta há um fio de náilon que, em caso de exumação, é puxado, transformando a manta num saco de ossos.



Assim, segundo informações, para saber mais sobre aquisição das Pastilhas e Mantas Absorventes, o contato terá de ser com funerárias competentes, que prestem o serviço e queiram divulgar endereços de aquisição e providências.

Como se vê, um trabalho ainda a ser garimpado. Uma iniciativa individual. 
Desejo que tenham êxito em seu Projeto e que divulguem, posteriormente, para que o exemplo possa ser seguido por mais pessoas responsáveis e conscientes.


Contatos obtidos: 
Pro Tanato
- Email: protanato@protanato.com.br
- Fone: (41)3039-5959.

Invol Ambiental
- Fone: (41) 3089 5578







 ---------
Teor dos e-mails recebidos:

Bio Tec  escreveu:

 Bom dia, estava lendo está matéria de vc que achei na net, e fiquei interessado na parte onde fala sobre estas pastilhas para colocar dentro das urnas.

Estamos desenvolvendo um trabalho em um cemitério e gostariamos de saber onde podemos comprar estas pastilhas e tmb se vcs conseguissem um material a respeito para nós.
Desde já muito obrigado.

 Biotec Consultoria Ambiental

Fone: (55) 96225978


Dargel Rech - dargel rech  escreveu:
Venho atraves desse e-mail parabenizar o blog sobre os problemas relacionados ao necrochorume. Referente as pastilhas citadas, na qual são colocadas dentro dos caixões para absorver os liquidos,  gostaria de saber se possivel é claro, a marca e empresas que fornecem esse material.
Grato pela atenção.
Dargel Rech, Engenheiro Ambiental/ CREA-RS 159.254
Pós-Graduando em Engenharia de Segurança do Trabalho

Preserve o Meio Ambiente

---------- 

"Processos de obtenção de manta não-tecida aditivada, aplicada como meio de absorção, neutralização e secagem do necrochorume de cadáveres".

De acordo com a invenção, são previstos dois processos (a) e (b) de obtenção de uma manta funerária com a formação de manta aditivada (1) e colchonete (ch), ambos confeccionados de manta não-tecida (mt) e aditivada com uma mistura química (m) de oxidantes, desodorizantes, catalizadores e corantes; dita manta funerária é confeccionada a fim de ser superposta no fundo dos caixões ou forrando o seu interior e/ou como um colchonete subjacente ao corpo estendido dos cadáveres, no interior das urnas ou sacos funerários, visando absorver as duas fases principais de decomposição de cadáveres adultos, no que diz respeito a emissão de efluentes, seja durante o período gasoso ou enfisematoso (efluentes gasosos, primeiros trinta dias pós-sepultamento) e fase coliquatíva ou humorosa do período putrefativo (efluentes líquidos, seis e oito meses seguintes.



Ministério Público quer Ficha Suja para Governante que não evitar enchente 

Por Marise Jalowitzki
08.novembro.2011
http://compromissoconsciente.blogspot.com/2011/11/ministerio-publico-quer-ficha-suja-para.html


"Ou o agente público não fez a obra ou a obra foi feita e o dinheiro mal empregado. Agora esse agente precisa responder por isso na Justiça", afirma o promotor Mauricio Antonio Ribeiro Lopes



CONHEÇA VÁRIOS ENFOQUES SOBRE O TEMA ÁGUA NA PÁGINA DE LINKS: http://t.co/Cs0ngIG 

Água limpa, um direito de todos!



22 de Março - Dia Mundial da Água


Água é tema de extrema importância. Cada vez mais devemos estar atentos para tudo o que diz respeito à preservação e contaminação. Maior fonte de doenças, a água contaminada já é presença em nosso cotidiano. 
Isso tem de mudar! 


Marise Jalowitzki
Compromisso Consciente



Escritora, especialista em Desenvolvimento Humano,
Ecologista, pós-graduação em RH pela FGV,
international speaker pelo IFTDO-EUA
Porto Alegre - RS - Brasil

3 comentários:

  1. Este blog é uma representação exata de competências. Eu gosto da sua recomendação. Um grande conceito que reflete os pensamentos do escritor. Consultoria RH

    ResponderExcluir
  2. Muito grata pelas referências delicadamente elogiosas. São esses reforços que dão alento para a continuidade!
    E parabéns pelos livros publicados e trabalho desenvolvido! Abri seu site e gostei.
    Felicidades!

    ResponderExcluir
  3. Agora o governo brasileiro passou dos limites, vários bairros já bebem merda porque é água tratada de esgoto, e agora eles também vão beber água de difunto?? Que porqueira, governo porcalhão e vergonhoso,um nojo,governo de gente suína, uma lastima sermos governados pelo maldito pt.

    ResponderExcluir