quarta-feira, 10 de janeiro de 2018

Por que tantos médicos se desviam do ofício de medicar em prol da saúde?

corrupção na saúde alicerçada na sede desenfreada por lucro da indústria farmacêutica


Por Marise Jalowitzki
11.janeiro.2018
https://compromissoconsciente.blogspot.com.br/2018/01/por-que-tantos-medicos-se-desviam-do.html

Um amigo pergunta sobre o motivo que leva tantos médicos a prescrever irrefletidamente drogas psiquiátricas, já que deveriam ser "da saúde" e não "da doença".
Tentei resumir:
Quando começamos a nos inteirar da realidade, no princípio é assustador e quase inacreditável! Sim, a gente se pergunta: Como, e porque, médicos que estudam, que prestam juramento em prol da saúde, acabam receitando somente drogas psiquiátricas (em nosso caso específico (tdah), mas também nos casos de depressão, tod, etc.)...e já é uma práxis que, na primeira consulta (algumas vezes de 5 minutos), a providência seja uma receita de tarja preta.

Acontece que já dentro da Universidade, a indústria farmacêutica financia pesquisas em troca de indicações de seus profissionais como professores. Assim, os professores (especialistas que trabalham para os laboratórios) passam todo um conteúdo pleno de filosofias de medicalização alopática, que os alunos recebem durante longos anos de estudo, acreditando ser esta a única saída. Não há outro aprendizado. Quem quer seguir homeopatia tem de entrar por um viés, fazer especialização. De 50 anos para cá, das 153 faculdades de homeopatia, apenas 2 restaram. E recebe o ceticismo de muitos médicos e, por vezes, a perseguição e a humilhação. A fitoterapia, então, nem se fala! (Lembra do drauzio andando de barquinho na Amazonia para "provar"que homeopatia e "ervas" era curandeirismo???  É uma trama MUITO bem urdida. Depois, a ind. farmacêutica recebe da ANVISA (no caso do Brasil) uma relação dos médicos e as prescrições que eles fazem ano após ano. De posse desta Relação, os representantes farmacêuticos começam a visitar os médicos que mais prescrevem psicotrópicos (no nosso caso) ou outros remédios que interessam potencializar a comercialização - e oferecem, em troca de mais prescrições, "brindes", patrocínios para pesquisas, finais de semana com acompanhante em resorts 5 estrelas, viagens internacionais para assistr gratuitamente congressos (igualmente, com direito a acompanhante), ou seja, o ego e o bolso ficam cheios. Tenho vários artigos publicados sobre tudo isso, também no livro.

Há, também, vários médicos compromissados com a saúde que passam a sua vida denunciando. Alguns são assassinados, outros são caluniados de tal forma que sua imagem fica destruída (como tentaram, sem êxito, fazer, por exemplo, com o Francis)...outros (ainda poucos, em comparação com a grande 'massa' médica reinante), defendem uma saúde integral, mais natural, com mais conversa que medicamentos. E, medicamentos, sempre que necessários, o mais natural possíveis.

Que há um sistema dominante onde alguns poucos mandam e toda a população segue (consome), isto está escancarado. 1% da população detêm mais de 90% de toda a renda planetária. Só parar um pouco pra pensar se não são estes grupos, através de uma propaganda maciça, que "cativam" o consumidor para as "comidas preferidas", as roupas, os carros, os remédios... Os grandes 5 grupos industriais que dominam o mundo - em mega corporações - são: a indústria alimentícia, a indústria dos venenos (onde estão todos os pesticidas e agrotóxicos), a indústria farmacêutica, a indústria da carne e seus derivados e a bélica. Todos trabalham em conjunto. Onde um ganha, todos ganham (parcerias previamente contratadas). Até os bancos dão empréstimos para os agricultores em "venda-casada" com aquisição dos agrotóxicos...

Ou seja: Para os que realmente querem entender toda esta trama, há vários documentários, livros, palestras em video e em artigos... a literatura das denúncias é imensa, só que a grande midia - igualmente vendida às megas corporações - não divulga. Por isso tanta gente confusa, achando que o que se fala aqui é só pra "causar". Um dos primeiros videos-documentários que indico chama-se "O Marketing da Loucura".
Abs
Marise

Querendo, leia também:

O uso de psicotrópicos em crianças e o direito à informação aos pais sobre os riscos e danos


Atualmente, aproximados 7% dos médicos brasileiros enfrentam algum tipo de processo, seja na área cível, criminal ou administrativa.Se você conhece entidades brasileiras que defendam os direitos dos pacientes e-ou familiares, entre em contato e informe. O direito à informação é básico.
Atualmente, aproximados 7% dos médicos brasileiros enfrentam algum tipo de processo, seja na área cível, criminal ou administrativa.Se você conhece entidades brasileiras que defendam os direitos dos pacientes e-ou familiares, entre em contato e informe. O direito à informação é básico.

Marise Jalowitzki
http://tdahcriancasquedesafiam.blogspot.com.br/2017/06/o-uso-de-psicotropicos-em-criancas-e-o.html


Ritalina e a Medicalização da Educação - a barbárie consentida pelos pais



Também:

Ritalina e a indução à psicose


E mais:



E ainda:

Mitos da psiquiatria que são erros - Peter C. Gotzsche - Universidade de Copenhagen - Denmark - Assista também os videos


Excertos do video "Medicamentos Letais e Crime Organizado 

Como a indústria farmacêutica corrompeu a saúde" 
Peter C. Gotzsche, MD - Diretor do Nordic Cochrane Center - 
Professor e Coordenador de Projetos de Pesquisa da Universidade de Copenhagen - Denmark 

 Marise Jalowitzki é educadora, escritora, blogueira e colunista.Especialista em Desenvolvimento Humano, defensora de uma infância saudável, antimedicalização. Escritora, blogueira e colunista. Palestrante Internacional, certificada pelo IFTDO - Institute of Federations of Training and Development, com sede na Virginia-USA. Especialista em Gestão de Recursos Humanos pela Fundação Getúlio Vargas. Criou e coordenou cursos de Formação de Facilitadores - níveis fundamental e master. Coordenou oficinas em congressos, eventos de desenvolvimento humano em instituições nacionais e internacionais, escolas, empresas, grupos de apoio, instituições hospitalares e religiosas por mais de duas décadas Autora de diversos livros, todos voltados ao desenvolvimento humano saudável. marisejalowitzki@gmail.com 
blogs:
www.compromissoconsciente.blogspot.com.br


LIVRO TDAH CRIANÇAS QUE DESAFIAM
Informações, esclarecimentos, denúncias, relatos e dicas práticas de como lidar 
Déficit de Atenção e Hiperatividade