segunda-feira, 23 de abril de 2012

O que você deve fazer caso um morcego entre em sua casa

Imprudência ao manusear morcegos pode causar sérios riscos - Na foto - Raposa Voadora - a maior espécie de morcego


O que você deve fazer caso um morcego entre em sua casa


Por Marise Jalowitzki
23.abril.2012
http://compromissoconsciente.blogspot.com.br/2012/04/o-que-voce-deve-fazer-caso-um-morcego.html


Há dois anos aconteceu uma vivência em família. A filha e o genro, ao chegar em casa ao final da tarde, encontraram um morcego deitado de bruços sobre a roupa para lavar! De dia, de bruços, imóvel. Parecia morto. Assustados, fizeram o seu melhor. Jogaram um lençol sobre o animal que, ao ser enrolado, se debateu um pouco. Colocaram-no em uma sacola e se dirigiram até a praça pública mais próxima. Ali, já quase anoitecendo, abriram o lençol e o deixaram livre.
- Daqui a pouco ele vai voar!
- Ou, pelo menos, morrer em seu habitat! - refletiram. E saíram.


Tivessem o conhecimento de hoje, teriam avisado a Secretaria de Saúde (Zoonose) e entregue o animal para averiguação.
Morcegos não voam de dia.
Morcegos não deitam de bruços.
Esse devia estar morrendo. No mínimo, estava doente.
Talvez já intoxicado, prestes a ter a hemorragia e morrer.


As orientações sobre o que fazer são fornecidas pelo Ministério da Saúde:

 Conduta em caso de adentramento de morcegos

"Adentramento é definido como a entrada de morcegos no interior de edificações. Nessa situação de adentramento, deve-se avaliar o risco de exposição do paciente. A profilaxia da raiva, com uso de soro e vacina, deve ser indicada nos casos de contato com o morcego e, também, nos casos duvidosos em que não é possível descartar o contato, como, por exemplo, quando o informante ao acordar se depara com um morcego no interior de sua casa.

 - Importante
Orientar as pessoas para nunca matar ou manipular diretamente um morcego.

Se possível, o mesmo deve ser capturado, isolando-o com panos, caixas de papel, balde ou mantê-lo em ambiente fechado para posterior captura por pessoas capacitadas.


Morcego capturado por veterinário em Ivaiporã

Se possível, enviar o morcego para identificação e diagnóstico laboratorial da raiva. Para isso, entrar em contato com a secretaria municipal ou estadual de saúde.

• Não se deve consumir produtos de origem animal (carne, leite) suspeitos de raiva. Se ocorrer, não há indicação de esquema profilático antirrábico. Não há relatos de caso de raiva humana transmitidos por essa via.


 - Sobre o ferimento
• Lavar imediatamente o ferimento com água corrente, sabão ou outro detergente.

• O contato indireto é aquele que ocorre por meio de objetos ou utensílios contaminados com secreções de animais suspeitos. Nesses casos, indica-se apenas lavar bem o local com água corrente e sabão.

• Em casos de lambedura na pele íntegra, por animal suspeito, recomenda-se lavar o local com água e sabão.

• Não se recomenda a sutura dos ferimentos. 

• Cuidados deverão ser observados no manuseio e coleta de material biológico de animais, para evitar acidentes.

Utilizar o equipamento de proteção individual, tais como, máscara, óculos, luva e macacão.
 
http://portal.saude.gov.br/portal/saude/profissional/visualizar_texto.cfm?idtxt=32021


Querendo, leia mais na página de links, neste Blog:
Morcegos vivem em Cavernas - A maioria das cavernas se formou pela passagem da água em terrenos calcários



Morcegos Hematófagos expulsos de seu habitat - as cavernas,  hoje são uma ameaça - Algoz e Vítima - Agressões humanas ao ecossistema. Conheça quais os principais focos no Brasil.


Marise Jalowitzki
Compromisso Consciente


compromissoconsciente@gmail.com
Escritora, Educadora, Ambientalista
Coordenadora de Dinâmica de Grupos,
Especialista em Desenvolvimento Humano,
Pós-graduação em RH pela FGV-RJ,
International Speaker pelo IFTDO-EUA


2 comentários:

  1. O que eu faço encontrei um morcego de baixo Sá cama da minha filha, por duas x eu peguei com sacola joguei longe mas parece q o animal volta, e ele parece filhote. Acha melhor matar? mottasantanas2@gmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Entre em contato com a Vigilância Sanitária do município para que sejam tomadas as providências adequadas, pois matá-lo é considerado crime. Morcegos, que na natureza têm a função de controlar insetos e, no caso dos frugíveros, espalhar sementes e polinizar flores, estão protegidos pela Lei de Proteção à Fauna (Lei nº 5.197, de 3 de janeiro de 1967). Mas, se caso algum deles entrar na residência, tente espantá-lo com a ajuda de um pano, mantendo as portas fechadas e as janelas abertas.

      Excluir