quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Corrida do Ouro no Amazonas aumenta desmatamento e degradação

Garimpo do Juma, na região de Apuí e Novo Aripuanã, o único do Amazonas que está em fase de regularização  - Foto Clóvis Miranda - Jornal A Crítica - Manaus

Corrida do Ouro no Amazonas aumenta desmatamento e degradação


Por Marise Jalowitzki
03.agosto.2011
http://t.co/qlYjjxf


Difícil de descobrir. Difícil de conter.
Em rastreamento na região, por helicóptero, IBAMA descobre mais uma área desmatada e degradada, desta vez para o exercício da extração ilegal de ouro.


Em apenas quatro meses, quatro hectares já foram desmatados. Fica no sul do Amazonas, nas proximidades da BR-230 (Transamazônica). A atividade de garimpo ilegal de ouro funcionava em uma das regiões mais degradadas pelo desmatamento no estado amazonense, nas proximidades do município de Apuí.


O Batalhão Ambiental da Polícia Militar e fiscais do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), desativaram o garimpo ilegal, detendo onze pessoas  que foram encaminhadas para a delegacia de Apuí.




Além das 11 pessoas detidas (os supostos proprietários do terreno), outros 50 garimpeiros, incluindo mulheres, foram encontrados trabalhando no acampamento. Equipamentos e maquinários foram apreendidos.

Os detidos foram soltos logo em seguida porque, segundo o comandante do Batalhão Ambiental, coronel Dênis Sena, trata-se de crime de menor potencial ofensivo.

Um dos detidos seria um empresário de Rondônia. Ao todo, mais de 60 pessoas participavam da extração ilegal do minério.

“No local, encontramos derrubada de madeira e supressão vegetal, assoreamento de igarapé, queimadas e muitas dragas, motores geradores de energia, estação de máquinas, auto bombas e equipamentos para escavação, além de um acampamento consolidado.” - relata Sena.


Extração ilegal de ouro não é a única

O garimpo sempre foi um dos pontos de atração de Apuí, localizado a 450 km de Manaus. Em 2008 houve uma verdadeira corrida que atraiu mais de 10 mil garimpeiros.

Em abril deste ano (2011), o IBAMA desativou outra área utilizada para o garimpo ilegal de ouro, apreendendo uma escavadeira hidráulica avaliada em aproximadamente R$ 750 mil que estava sendo utilizada na atividade, causando grandes estragos ao meio ambiente.


Entretanto, a área, conhecida como Garimpo do Juma, agora está em processo de legalização.


-------

Fonte dos dados e imagem: Jornal A Crítica - Manaus - LINK: http://acritica.uol.com.br/amazonia/Amazonia-Amazonas-Manaus-Garimpo-ilegal-ouro-desmata-Amazonas_0_525547783.html



------
Mais em: http://ning.it/gwfVfk


Preservação ambiental e dos animais selvagens


09.março.2011

Links sobre Desmatamento, Degradação, atuação do IBAMA, Preservação das Florestas e dos Animais Selvagens, Condições de vida das populações ribeirinhas, Impactos Ambientais, Encontros (títulos ordenados por ordem de publicação)




Marise Jalowitzki
Compromisso Consciente


Escritora e pós graduada em RH, pela FGV.
International speaker pela IFTDO-USA
compromissoconsciente@gmail.com
Porto Alegre - RS - Brasi

2 comentários:

  1. Se o nosso governo não está conseguindo,dar conta de tamanha degradação!é porquê existe algo de muito errado nessa história,pior seria quando virar motivo de Guerra!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Continuo apostando que o povo pode se conscientizar e obter as mudanças positivas através de ações pacíficas!!!

      Excluir