quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

Mãos sem impressões digitais - Adermatoglyphia


Pontas de dedos contem as nossas impressões únicas, que servem como identificação.


Mãos sem impressões digitais - Adermatoglyphia

Por Marise Jalowitzki
30.janeiro.2014
http://compromissoconsciente.blogspot.com.br/2014/01/maos-sem-impressoes-digitais.html

Conhecendo nosso corpo.
Adermatoglyphia ou Adermatoglifia - também conhecida como Síndrome de Nagali - é o nome dado à desordem genética que faz com que algumas pessoas não apresentem, desde o nascimento, as impressões digitais nas mãos e nos pés.

Lá nos idos de 1970, eu tive uma colega no Curso Científico (hoje equivalente ao 2º grau) que era portadora desta síndrome. Não lhe causava nenhum problema, exceto quando tinha de virar páginas do caderno (ou livros), pois as pontas de seus dedos eram por demais lisas. E, também, quando teve de fazer sua carteira de identidade. Foi bem compicado. Mas, os peritos optaram por analisar sua arcada dentária e ficou registrado ali a sua individualidade. Atualmente, existem outras formas de identificação, como a biometria - observando o formato do rosto e da íris, que também são únicos em cada pessoa. Ou o DNA. Minha colega era totalmente saudável e apenas relatava que suava muito pouco (o que mais tarde veio a ser divulgado como uma característica, também - um número reduzido de glândulas sudoríparas).

"As impressões digitais, também chamadas de cristas, são saliências encontradas na epiderme das mãos e dos pés, que possuem formas e tamanhos distintos e são intercaladas por sulcos. O início da formação dessa estrutura é entre a 4ª semana e o 5° mês de gestação." 

Descoberta em 2006, a causa desta desordem é devido à anomalia da proteína "cretin 14". Também com a idade as pessoas podem  ir perdendo as impressões digitais, em decorrência de acidentes, do contato continuado com produtos químicos ou devido a doenças dermatológicas.

Machucaduras por arsênio, um dos males que mais acometem populações pobres que lidam com resíduos tóxicos, também destroem as impressões digitais.


"Existem outras doenças genéticas (incluindo NFJS e dermatopatia pigmentosa reticular) que levam à falta de impressões digitais, mas elas causam impactos muito mais graves sobre a saúde, tais como cabelos finos, unhas quebradiças e dentes frágeis" - declara Peter Itin, especialista suíço que estudou o caso após ser procurado por uma mulher que queria ir para os EUA e não conseguia emitir seu passaporte por não produzir impressões digitais nos documentos. Ele procurou um colega dermatologista israelense, Eli Sprecher, e juntos passaram a investigar as causas, que poderiam ser congênitas.
Quando eles sequenciaram o DNA de 16 membros da família da mulher (nove com adermatoglifia e sete sem), descobriram que aqueles do primeiro grupo tinham uma mutação numa região de DNA que codifica uma proteína chamada SMARCAD1, enquanto que o segundo grupo tinha uma forma normal do gene. Eles descobriram que a versão mais curta, a mutação do gene, interfere na forma alinhada e unida do RNA, e este é um passo fundamental no processo de utilização de um gene para produzir uma proteína. Portanto, esse fator impede que a proteína necessária se forme corretamente.
Ainda não está claro sobre como exatamente esta proteína está envolvida no desenvolvimento de impressão digital, sendo que é um processo que acontece no útero, na fase de gestação. Esse desconhecimento é gerado porque, apesar de ser algo que é visto todos os dias, os cientistas em geral têm realizado pouca pesquisa sobre como as impressões digitais se formam normalmente."

Há muitos filmes e relatos de pessoas fora-da-lei que procuram invalidar suas impressões digitais a fim de não serem identificados e é tudo que os meios de comunicação divulgavam. A descoberta da síndrome tem menos de 10 anos e é agora já encarada sem desconfiança pelos funcionários das instituições de identificação, incluindo aeroportos .

Adermatoglyphia - Ainda não está claro sobre como exatamente esta proteína está envolvida no desenvolvimento de impressão digital, sendo que é um processo que acontece no útero, na fase de gestação

Fontes:
http://www.smithsonianmag.com/science-nature/adermatoglyphia-genetic-disorder-people-born-without-fingerprints-180949338/?utm_source=smithsoniansciandnat&utm_medium=email&utm_campaign=201401-science
http://pt.wikipedia.org/wiki/S%C3%ADndrome_de_Nagali
http://super.abril.com.br/superarquivo/2007/conteudo_497545.shtml
http://dba.fc.ul.pt/ant-bio/TA_2008%5C06_Genes%5C06_5_O_futuro_dos_dermatoglifos.pdf
http://www.infoescola.com/doencas/sindrome-de-nagali/
http://www.jornalciencia.com/saude/corpo/3462-adermatoglifia-conheca-a-desordem-genetica-de-pessoas-que-nascem-sem-as-impressoes-digitais
última foto: http://www.handresearch.com/news/adermatoglyphia-genetic-no-fingerprints-disease.htm


Veja também: http://compromissoconsciente.blogspot.com.br/2011/04/suspeita-de-radiacao-estrelas-do-mar.html

Reino Unido cria comissão para investigar morte de centenas de estrelas do mar - Há suspeita de contaminação por radiação


Centenas de estrelas do mar foram encontradas mortas em uma praia do Reino Unido


Por Marise Jalowitzki
02.abril.2011
http://t.co/vr8KmO4



Um comentário: