quinta-feira, 28 de agosto de 2014

Quem entende? - Diz na Bula - Ritalina não é para agitação!


"Não tome Ritalina® se você sofre de ansiedade, tensão ou agitação; tem problemas cardíacos, como ataque cardíaco, batimento cardíaco irregular, dor no peito (angina); insuficiência cardíaca, doença cardíaca ou se nasceu com problema do coração." - entre outras recomendações.


Segundo resultados de uma pesquisa publicada em maio de 2013, nos EUA, nove em cada dez médicos receitam psicotrópicos para crianças logo na primeira consulta. 


"A informação sobre as consequências da administração do metilfenidato, uma droga potente e que vicia em uso continuado é fundamental, vital mesmo para que os pais, professores e responsáveis saibam dos riscos para a saúde mental e da manutenção da vida dos iniciadores estudantes."
 (Livro TDAH Crianças que Desafiam)


Quem entende? Diz na Bula - Ritalina não é para agitação! 





Por Marise Jalowitzki

Sobre a Ritalina - da Novartis - É preciso dialogar mais com os médicos, sim!
Há os bons - e conheço vários - mas muitos estão mais preocupados com encampar os atendimentos aos horários, independentemente se públicos ou privados.
As pessoas não são burras, não são estúpidas, elas seguem uma orientação originada de um profissional que, historicamente, tem o preparo, a dignidade e o compromisso com a saúde. Mas isso precisa de maior cuidado, atualmente. E a propaganda da indústria farmacêutica é tão forte, que exige até mesmo que os médicos tenham um maior cuidado, um maior aprofundamento, um maior estudo e pesquisa sobre aquilo que estão receitando. A afirmação é do Dr. Fred Baughman, psiquiatra, escritor, conferencista, que defendeu a não medicalização até mesmo frente ao Congresso, que denuncia a cruel empreitada das farmacêuticas, para quem o lucro está acima de tudo. Suas afirmações são corroboradas por muitos outros especialistas, incluindo Nicholas A. Cummings, que foi Presidente da Associação Psiquiátrica Americana.

Para os que seguem 'cegamente' o que os médicos dizem. É importante questionar, dialogar, perguntar, procurar mais informações, ANTES de sair medicando seu filho, simplesmente porque recebeu a receita.

Ritalina.JPG

Estas informações constam no site da própria Novartis!

"3. QUANDO NÃO DEVO USAR ESTE MEDICAMENTO?
Não tome Ritalina® se você:
- é alérgico (hipersensíveis) ao metilfenidato ou a qualquer outro componente de Ritalina® listado no início desta bula. Se você achar que pode ser alérgico, peça orientação ao seu médico;
- sofre de ansiedade, tensão ou agitação;
- tem algum problema da tireoide;
- tem problemas cardíacos, como ataque cardíaco, batimento cardíaco irregular, dor no peito (angina),
- insuficiência cardíaca, doença cardíaca ou se nasceu com problema do coração;
- tem pressão sanguínea muito alta (hipertensão) ou estreitamento dos vasos sanguíneos (doença arterial oclusiva que pode causar dor nos braços e pernas);
- estiver tomando um medicamento chamado “inibidor da monoamino oxidase” (IMAO), utilizado no tratamento da depressão ou tiver tomado IMAO nas últimas duas semanas (vide “Ingestão concomitante com outras substâncias”);
- tem pressão ocular aumentada (glaucoma);
- tem um tumor da glândula adrenal chamado feocromocitoma;
- tem fala e movimentos corpóreos incontroláveis (síndrome de Tourette) ou se qualquer outro membro da família for portador desta síndrome.
Se você acha que algum dos casos acima aplica-se a você, informe ao seu médico, sem tomar Ritalina®"

ENTÃO, COMO ASSIM, milhares de crianças estão recebendo Ritalina e Ritalina LA para agitação? ansiedade? não parar quietas? tem problemas cardíacos?
Ontem uma mãe entrou inbox, sua criança de SEIS ANOS está recebendo Ritalina LA e é cardiopata!!! E ela concluiu nosso bate-papo, assegurando que vai continuar, porque confia no médico e ele (médico) esta monitorando...

O QUE É A OFENSA?
Tem pessoas que se ofendem sempre que alguém lhes diz algo que contraria o que aquela pessoa até ali estava pensando! Mas, passado o momento de raiva, pode dar-se ao benefício de pensar...e se?
Desejo muito que muitas pessoas pensem assim, pelo bem de todos!

Notas:
Nota 1 - "Segundo resultados de uma pesquisa publicada em maio de 2013, nos EUA, nove em cada dez médicos receitam psicotrópicos para crianças logo na primeira consulta."
pág. 55 - Livro TDAH Crianças que Desafiam - Marise Jalowitzki

Nota 2 - "A pesquisa foi realizada em 2002 no Centro de Estudos Infantis na Universidade de Yale e publicada na Revista da Academia Americana de Psiquiatria de Crianças e Adolescentes."
pág. 85 - Livro TDAH A Fraude - Fred Baughman


Mais menções no artigo:

Mais sobre o tema:


 Marise Jalowitzki é educadora, escritora, blogueira e colunista. Palestrante Internacional, certificada pelo IFTDO - Institute of Federations of Training and Development, com sede na Virginia-USA. Especialista em Gestão de Recursos Humanos pela Fundação Getúlio Vargas. Criou e coordenou cursos de Formação de Facilitadores - níveis fundamental e master. Coordenou oficinas em congressos, eventos de desenvolvimento humano em instituições nacionais e internacionais, escolas, empresas, grupos de apoio, instituições hospitalares e religiosas por mais de duas décadas Autora de diversos livros, todos voltados ao desenvolvimento humano saudável. marisejalowitzki@gmail.com 

Livro: TDAH Crianças que desafiam 

Como Lidar com o Déficit de Atenção e a Hiperatividade na Escola e na Família
Contra o uso indiscriminado de metilfenidato - Ritalina, Ritalina LA, Concerta

Para conhecer mais e adquirir, acesse: 








Nenhum comentário:

Postar um comentário