segunda-feira, 2 de maio de 2011

A morte de Bin Laden e a alegria do povo - Guerra-do-Sem-Fim



Obama anuncia morte de Bin Laden - repercussão no mundo é só antecipação de novos conflitos


A morte de Bin Laden e a alegria do povo - Guerra-do-Sem-Fim

Por Marise Jalowitzki
02.maio.2011
http://t.co/Nw5oOOY


EUA, uma nação que é número um em fabrico e exportação bélica. A filosofia em que são criadas as crianças norte-americanas está baseada na necessidade do defender-se-atacando. Nacionalismo e patriotismo lembram o ditado chulo do campeiro gaúcho que "prefere morrer a levar desaforo prá casa!". É tudo a mesma coisa!

Agora, a festa popular da madrugada se intensificou. Muito mais gente está nas ruas gritando, queimando fotos do terrorista, agitando a bandeira estadunidense e se sentindo, mais uma vez, o número um.
Todos sabemos que, ao perpetrar uma vingança, "lavar o sangue com sangue", só se mantém o estado de guerra. Não há espaço para a Paz.

As grandes nações (e as pequenas, também) parecem não querer a Paz. Ou a querem sob um preço que não entendo. Assegurar a Paz com a Guerra? Com a perpetração da violência? Não entendo.

Paz não dá insegurança. Insegurança leva a adquirir instrumentos que passam a impressão de aumentar a força. Insegurança cria dependência psíquica em líderes que ostentam cabeças ensanguentadas para mostrar poder pelo medo, pelo terror. (Aqui no BRasil, temos vários exemplos. O mais conhecido foi o de Tiradentes).

Paz é o contrário de litígio. Litígio é que acirra a cobiça. Litígio potencializa o ódio que leva a revanchismos. Litígio perpetua o continuísmo.

As respostas "mútuas" são só prenúncios dos novos conflitos que estão por vir.

Sinceramente, estou triste. Triste pela ignorância reinante. Triste por entender o quanto a alma humana, a alma da grande maioria das pessoas, se regozija com a morte e a desgraça.  


Prenúncio de novos combates já se tornou evidente quando o prédio da ONU foi bombardeado no Afeganistão 

Triste humanidade! E o povo se "sente vingado", pessoas posam para videos, declarando-se "aliviadas". Compram camisetas e souvenirs feitos especialmente para lembrar o acontecimento.

Do Globo:


  • Conheça a história de
    Osama Bin Laden
PAZ, PAZ, PAZ!
----
Leia também:

Argentina repudia o uso da política
ou da religião para cometer crimes
  
Argentina manifesta sua profunda rejeição àqueles que utilizam a política ou a religião para cometer ações criminosas







Chegou ao fim a era Bin Laden?


EUA cansou de perpetuar o mito? Chegou ao fim a era Bin Laden?

02.maio.2011http://t.co/8vRxNxL







-----


Marise Jalowitzki
Compromisso Consciente

Escritora, pós-graduação em RH pela FGV,
international speaker pelo IFTDO-EUA
Porto Alegre - RS - Brasil




Nenhum comentário:

Postar um comentário