segunda-feira, 2 de maio de 2011

EUA cansou de perpetuar o mito? Chegou ao fim a era Bin Laden?


Chegou ao fim a era Bin Laden?


EUA cansou de perpetuar o mito? Chegou ao fim a era Bin Laden?

Por Marise Jalowitzki
02.maio.2011
http://t.co/8vRxNxL

Sério. Desde o início sempre creditei um tanto de "esquisitice" nessa história de, um dia para o outro, após a tragédia das torres gêmeas, "aparecer" um responsável, que vira o culpado, que vira o "terrorista mais procurado do mundo".

Mesmo. Ou será que me engano?

Durante todo o tempo, EUA "caçam" Bin Laden no Paquistão, no Afeganistão, matando um monte de gente e gastando munição aos milhares. E vidas, de sua pátria, inclusive, como é histórico.

Por todos esses anos, silêncio absoluto sobre o paradeiro, como se não houvesse pistas. Agora, vem o Wikileaks e desvenda que, mesmo em 2001, o serviço secreto "rastreou" os passos do terrorista, desde o 11 de setembro... E, agora, muitas e muitas reportagens e notícias.


Wikileaks divulgou que EUA rastrearam o terrorista logo após o atentado às torres gêmeas.


Onde a verdade?

Será que Obama quis dar um fim a tudo isso? É a gestalt, a finalização de um processo que já estava se tornando penoso.
Com tantos problemas, com tantas guerras e intervenções, focar em uma pessoa, como sendo a responsável única... lembra os antigos filmes de far-west.
E afora os murmúrios de que o próprio atentado foi uma fabricação de Bush, uma justificativa para poder invadir, enviar tropas, gastar munição.
Onde há tanta lama....
As pessoas que morreram não mais irão voltar, como no mundo todo.
Os próprios compatriotas declaram estar aliviados. "Agora os Estados Unidos podem ir para casa!" - declaram.

O exemplo, pela verdade, é concedido a cada dia, em cada ação e decisão. Não são as palavras, mas os atos, que dizem a serviço de que causa, ou de quem, uma pessoa está. Não podemos esquecer o histórico de guerras que as "super potências", em especial os Estados Unidos, possuem.

Está certo que um pouco patético a foto em close do grupo que "festejou" a morte do terrorista. Parece forjado. Não terão outros motivos com que se alegrar? Também o rosto ensanguentado do terrorista supostamente morto. O corpo lançado ao mar pode "sepultar" ou pode reviver eternamente o mito.

Também, um tanto bizarro ouvir Bush falar em justiça...

Vivendo o caos

Guarde as frases
De Barack Obama, Nobel da Paz e presidente dos EUA:
"A justiça foi feita. Matar Osama Bin Laden passou a ser nosso passo número um e, depois de anos de trabalho, conseguimos."
"Valeram os esforços para tornar o mundo melhor. (???) Os EUA vão sempre defender a justiça e a liberdade para todos."

De Bush:
"A morte do terrorista mais procurado do mundo, Osama bin Laden, é uma vitória para os Estados Unidos."
Esta aqui lembra os discursos pelas guerras no Vietnam e Iraque, bem ao estilo norte-americano:
"Eu o parabenizei (a Obama) e aos homens e mulheres das comunidades militares e de inteligência que devotaram suas vidas a essa missão. Eles têm nossa eterna gratidão."
"Esta noite, os Estados Unidos enviaram uma mensagem inconfundível: não importa o quanto demore, a justiça será feita."

Justica será feita! Assim seja! E que alcance a Todos!

----------
 
Milhões se emocionaram neste
domingo com a
beatificação de João Paulo II








Enquanto o Vaticano beatifica um carismático e bem querido líder religioso...








Casamento real inglês trouxe sentimento de 
tranquilidade a milhões





Enquanto a "mãe" Inglaterra proporciona ao mundo um casamento-conto-de-fadas...



... EUA exibem imagem de cabeça ensanguentada... Tudo tão velho!

Porque Vingança?! Vamos ressignificar o que é Justiça!?

Ontem, Sadam Hussein, hoje, Bin Laden... quem será amanhã?

Até quando o velho modelo?



Debaixo das ruínas do World Trade Center, operários descobrem restos de navio. Não será um sinal para mudar o rumo?



Na Líbia, em intervalo de bombardeios, soldado toca violão e canta.

O que dirá a letra de sua canção? Será que clama por Tranquilidade e Paz?!

----
Leia também:
 
- Argentina manifesta sua profunda rejeição àqueles que utilizam a política ou a religião para cometer ações criminosas - LINK: http://t.co/3YtEiuJ

- A morte de Bin Laden e a alegria do povo - Guerra-do-Sem-Fim - LINK: http://t.co/Nw5oOOY


Marise Jalowitzki
Compromisso Consciente



Escritora, pós-graduação em RH pela FGV,
international speaker pelo IFTDO-EUA
Porto Alegre - RS - Brasil







3 comentários:

  1. Querida Marise,
    As coisas não são assim tão lineares, você tem toda razão em achar esquisita essa história de um único culpado.
    Naomi Klein, uma jornalista canadense escreveu um livro chamado A doutrina do choque: A ascensão do capitalismo do Desastre. Neste livro essa faz questões como estas:
    O que o furacão Katrina de Nova Orleans tem a ver com as ditaduras da década de 1960 na América Latina? Qual é a relação entre o tsunami na Ásia e o massacre da Praça da Paz Celestial na China? Afinal, existe uma conexão entre a Guerra do Iraque e a democracia acorrentada da África do Sul?
    A resposta, segundo a jornalista canadense Naomi Klein, é SIM.
    Então, amiga vamos esperar para ver os fatos por trás da foto. Ou seja, o que será que vem por aí?
    Um abraço da amiga

    ResponderExcluir
  2. Questões que Naomi levanta e que devem receber respostas. Respostas que podem ser novas perguntas.
    Essa correlação é abordada por muitos outros. Barker, Chopra. Tudo em tudo e em todos!

    O dia aqui, amiga Ana Rosa, está tão tristinho quanto meu coração. É muito sangue derramado e pouco exercício de abnegação e solidariedade!

    A boa notícia é que as margaridas amarelas, nos dias nublados, exalam ainda mais o cheiro de mel. Entendeu a correlação?
    Abraços e carinho!

    ResponderExcluir
  3. Mais em:
    Guerra-do-sem-fim - LINK: http://t.co/Nw5oOOY

    ResponderExcluir